Blog, Entrevistas

Visagismo: valorize sua beleza e encontre o equilíbrio em sua vida

Escrito por no dia 16/08/2013
A responsável pelo Núcleo de Visagismo, Audrey Slomp.

A responsável pelo Núcleo de Visagismo, Audrey Slomp.

Agir harmonicamente significa agir em sintonia com o que se deseja ou da forma como se pretende viver. A responsável pelo Núcleo de Visagismo, Audrey Slomp, fala um pouco sobre como construir a harmonia e estar em dia com a imagem visual, possibilitando a realização pessoal e profissional. Por meio de estudos é possível criar uma imagem personalizada e equilibrada, ressaltando as melhores características das pessoas.

Visagismo. Como harmonia da imagem pessoal influencia na forma como esta pessoa é vista?
A harmonia visual é como um presente para os olhos, pois revela ordem entre as partes, agradando e despertando uma sensação positiva e confortável, inconscientemente,

para si próprio ao olhar-se no espelho, e para as pessoas com quem se relaciona, pessoal e profissionalmente.

A busca por esta harmonia precisa ser focada na valorização da própria beleza e nos parâmetros estabelecidos de acordo com as necessidades e desejos, de uma forma esteticamente harmoniosa, onde padrões de beleza ficam completamente excluídos.

Ao encontrar o ponto de equilíbrio em relação às características naturais, desejos e necessidades é possível utilizar os recursos disponíveis (como cabelos, maquiagem, roupas, acessórios, etc) para compor esta nova imagem, harmônica, positiva e principalmente personalizada.

Quais os principais aspectos que comprometem a harmonia visual?
Inconscientemente a desarmonia gera um sentimento de “estranheza”. Por exemplo, usar uma roupa que ressalte uma parte do corpo que por si só já tem destaque sobre outras seria um dos aspectos necessários a serem pensados antes de comprar uma roupa. Existe também a harmonia da cor em detrimento do tom da pele, que se sintonizados iluminam a pessoa. Sobre cabelos e maquiagem, a desarmonia pode ocorrer em relação aos traços do rosto e forma ou cor que fora utilizada. Escolher a composição da imagem de forma aleatória pode ser um caminho cruel: eventualmente acerta-se. Eventualmente erra-se. E são nestes equívocos acidentais que pessoas acabam revelando-se negativamente, sem saber, afetando também negativamente seu dia ou seu momento de vida.

Como o trabalho do Visagista pode beneficiar a pessoa?
O pressuposto pela busca por um profissional Visagista é existir um desejo de mudar. Na Consultoria que o Núcleo de Visagismo oferece, são observados, através de questionários pessoais, vários aspectos relacionados às Necessidades, Desejos, Estilo de Vida, Fatores Limitantes, Potencialidades, etc. Posteriormente são coletadas fotos de rosto e corpo, sob alguns ângulos, que se tornarão material para observação de seu Temperamento Natural. O cruzamento de todos estes dados revela informações precisosas sobre a pessoa, permitindo que os profissionais envolvidos desenvolvam seus trabalhos munidos de uma completa, única e embasada gama de conhecimentos a respeito do cliente, assegurando um resultado completamente personalizado e que revelará ao fim uma Imagem Pessoal readequada e equilibrada de acordo com o desejo que fora exposto em relação à Consultoria.

Uma imagem realinhada, trás impressões mais alinhadas, que trazem atitudes também mais alinhadas, renovando a forma de viver, de agir, de se comunicar e ainda, de ser visto.

Depois de realizada a consultoria é necessário um trabalho de acompanhamento?
Quem passa por uma mudança no que diz respeito à sua imagem, precisa ficar atento aos detalhes que foram trabalhados durante o processo de adequação, para que posteriormente no seu dia a dia, o cliente possa sozinho manter este equilíbrio, que será considerado válido enquanto a intenção e estilo de vida se mantiverem os mesmos.

A execução da imagem é resultado de uma ação conjunta de profissionais nas áreas de Cabelos e Estética, Maquiagem, Consultoria de Imagem, Design deModa, Odontologia e outras, incluindo também especialistas nas áreas de Carreira, como Marketing Pessoal e Coaching. É fundamental desenvolver outros pilares, além da imagem, para que a evolução seja potencializada e bilateralmente benéfica.


SOBRE O COLUNISTA

Bacharel em Comunicação Social e MBA em Gestão da Comunicação Empresarial. Jornalista com mais de 10 anos de experiência, tendo passado por grandes veículos de circulação nacional. Hoje é o jornalista responsável pela Revista Digital Ponto Pessoal e assessoria de imprensa e comunicação institucional da agência Ponto Pessoal . Perfil LinkedIn http://www.linkedin.com/in/heversonbayer | jornalismo@pontopessoal.com.br

Criado com Area de Membros WP