Blog, Marketing Pessoal

A ordem dos fatores altera o produto?

Escrito por no dia 24/07/2014

Em uma palestra recente fiz a seguinte dinâmica que irei reproduzir aqui nesse texto.

Você encontra uma lâmpada mágica ao andar por uma praia deserta. Como nos é sugerido, você a esfrega e imediatamente aparece um gênio. Então o gênio faz a clássica pergunta, mas com algumas variantes inesperadas: “Faça três pedidos. Um deve conter aquilo que você quer “ter”; outro deve conter aquilo que você quer “fazer”; e, finalmente, o outro deve conter aquilo que você quer “ser”. A ordem dos pedidos é você quem define”.

Agora vem a sua participação. Antes de continuar a ler esse texto, escreva seus três pedidos. (Participe da brincadeira!)

think-different

Quase sempre, fazemos em primeiro lugar o pedido relativo ao que queremos “ter”. Esse é um erro comum que cometemos ao fazer os desejos para o gênio ou na vida real. Queremos ter um bom emprego, um grande amor, um apartamento, um carro, sucesso, um cargo importante, saúde, paz, e assim segue. Não lembramos que para ter as coisas, as realizações, temos que trabalhar, suar e lutar.

Seguindo a historinha do gênio, se ganhamos do gênio R$1 milhão, quando pedimos para “ter”. Sem saber administrar esse dinheiro, rapidamente se esvairia. Na vida real é igual. Basta lembrarmos vários casos de pessoas que ganharam valor próximo a esse em “realities shows” ou em loterias e pouco tempo depois já não tinham mais nada. Não adianta “ter” sem “ser” ou “fazer”.

Na verdade o “ser” deve vir em primeiro lugar. Aquilo que temos é só um reflexo daquilo que fazemos e aquilo que fazemos é um reflexo daquilo que somos.

Se quiser ser promovido em meu emprego, tenho que ser um funcionário dentro do perfil de comportamento e desempenho dentro daquilo que a empresa espera. Para isso tenho que fazer os cursos e as preparações necessárias, tenho que realizar os resultados desejados, e então, ter a promoção desejada.

Seguindo essa pequena receita de “SER → FAZER → TER”, o foco de sua vida passa a ser você, o caminho para as realizações e para o sucesso fica muito menos tortuoso e os resultados passam a ser mais seguros e permanentes. Nossa vida precisa de um cenário positivo que traga a motivação, precisa de um plano que nos guie, precisa que tenhamos formas de avaliar se aquilo que estamos fazendo está condizente com o que somos e com o que queremos ter.

Eis uma simples receita que vale a pena seguir. Qual foi a ordem dos fatores que você escreveu no começo do texto? Pense nisso!


SOBRE O COLUNISTA

Avatar

José Cavalcanti é consultor empresarial especializado em Metodologias e Processos de Gestão e é Coaching certificado pela Corporate Coach U. Agora utiliza este local para passar um pouco da sua experiência de mais de 28 anos. Seu endereço de contato é jscn@terra.com.br

Criado com Area de Membros WP