Blog, Marketing Pessoal

O Marketing Pessoal da Copa do Mundo 2014

Escrito por no dia 14/07/2014

time da alemanha

E o que aprendemos sobre Marketing Pessoal durante o maior evento do mundo, realizado nestes últimos dias aqui no Brasil?

Muitas lições em diferentes níveis puderam ser observadas para nós, preocupados com a imagem pessoal e profissional. Tomei a liberdade de listar um grande aprendizado e uma grande lição para nossa marca pessoal, mas espero que você também possa acrescentar quais foram os seus durante este período.

1) Comemoração Alemã – Apesar da goleada que desclassificou nosso país do mundial, a Alemanha usou e abusou dos elogios – muitos sinceros, sobre nossa terra e nosso povo. Seus jogadores vestiram camisas dos nossos times, saíram às ruas, publicaram nas redes sociais e conquistaram boa parte da torcida brasileira na disputa da final, como acompanhamos no último domingo. Notamos o time unido, com força e determinação, atrás somente de um objetivo: o título (alcançado!). Mas nem por isso “passou por cima” de ninguém, com piadas, insultos ou qualquer outra forma de comunicação que não a apropriada para campeões, a sutileza. Eles sabiam que ganhando ou perdendo, estavam ali fazendo seus trabalhos, e que nem por isso precisavam esbanjar confiança, 10 anos trabalhadas até aquele momento.

Mesmo depois da vitória, comemoraram como campeões. Vibraram, gritaram, ergueram a taça como vitoriosos, mas não deixaram ninguém se sentir rebaixado.

Em jogos, podemos ganhar ou perder, mas o que importa é como lidamos com os resultados. Assim é também no mundo corporativo, e é o que faz com que sejamos notados ou não. Trabalhar uma política “amiga”, como aprendemos com a Alemanha e outros times que por aqui passaram, faz com que nossa marca seja lembrada pelos resultados que alcançamos, mesmo diante daqueles que ainda não foram beneficiados.

Comemorar a vitória na hora certa e no tempo certo é o maior aprendizado para nossa marca pessoal.

2) Comportamento da Seleção – Em vários momentos percebemos a equipe que jogava em campo. Alguns mais juntos, outros nem tanto, mas todos extremamente confiantes que iriam ser campeões. Eu confesso que também estava, que novamente viria o Brasil erguer uma taça do mundial. Fiquei muito decepcionado com a forma que saímos, mas olhando o que temos que olhar neste artigo, poderia ser diferente?

Já analisamos que confiança deve existir – quem não acredita em si, acreditará em quem? -, mas que em excesso pode nos atrapalhar. E o povo brasileiro deixou sua confiança em cima de uma única pessoa: Neymar. Que ele é bom, concordo, mas que deve levar toda nossa confiança para o campo, discordo. Absolutamente tudo que ele faz é organizado para ele fazer. Existem empresas e pessoas o tempo todo pensando em ações para que a grande estrela brasileira no futebol atual faça e gere resultados. Isso pode acabar com a força de um time, pois, e os outros jogadores? Nada de atenção? Se foram convocados, ao menos bons resultados já tiveram em seus times locais para que tivessem a confiança do técnico, que até em uma das entrevistas ressaltou que o Neymar não é o único jogador na seleção, quando ele foi lesionado.

Deixar toda confiança ou expectativa sobre uma ou poucas soluções nunca é a melhor forma de alcançar resultados, e é nossa grande lição para a gestão da marca pessoal. Devemos trabalhar algumas alternativas e sempre estar preparados para as situações.

 

E as suas percepções? Compartilhe comigo seus aprendizados e lições nesta copa. Vamos juntos trabalhar nossas marcas pessoais.

Sucesso!


SOBRE O COLUNISTA

Avatar

  • Linkedin
  • Facebook

Palestrante internacional especialista em Pós-Luxo e Marketing Pessoal. Fundador e CEO da Ponto Pessoal - primeiro portal, revista, escola digital, TV e Clube do Brasil e Portugal especializados em Marketing Pessoal. Carreira pautada em consultorias, aulas, supervisão de cursos e criação de conteúdos desde 2006, tendo criado e supervisionado cursos de marketing, empreendedorismo e mercado de luxo, pelo Centro Europeu e ISAE/FGV em Curitiba e Paris, capital francesa, onde se especializou em Mercado de Luxo no ISAE Brasil e ISC Paris. Hoje também é Embaixador da marca Exaixo e do Portal Topview do grupo RIC Record PR no sul do Brasil. Currículo completo em www.adrianotadeubarbosa.com | Contato: adriano@pontopessoal.com.br

Criado com Area de Membros WP