Blog, Marketing Pessoal

Desejo ou necessidade

Escrito por no dia 11/12/2013

“A próxima fronteira não está somente à sua frente, ela está dentro de você”. Robert K. Cooper.

Não raras vezes atropelamos nossas necessidades em busca da satisfação de desejos, cujo apetite é fomentado pelo viés do mundo contemporâneo através de um abundante número de informações que atingem o ser humano em seus níveis conscientes e inconscientes.

Experts mundiais em cérebro que realizam estudos em Universidades como Oxford apontam que a consciência ocupa apenas cerca de 5% de nossas decisões, portanto, estamos 95% do tempo navegando no reino do inconsciente, agimos no piloto automático. O prêmio Nobel de medicina do ano 2000, o Psiquiatra Erik Kandel demonstra que o inconsciente funciona como um amplificador das emoções, razão pela qual os desejos são atendidos em detrimento das necessidades.

Outra evidência que corrobora com o raciocínio em tela é o fato de que à luz do Eneagrama aplicado ao dia a dia, metodologia capitaneada pelo Instituto Eneagrama no Brasil, o ser humano está fixado em um dos nove pontos do símbolo do Eneagrama e por assim agir, tende a compreender que a sua perspectiva de ver o mundo é única, pelo que passa a vida tentando exigir do outro que seja como ele.

Neste sentido está viciado em uma das nove emoções, e passa, de maneira inconsciente, a direcionar o seu radar para uma perspectiva da realidade, e motivado para atender as ‘necessidades’ de seu vício, acaba por justificar suas escolhas, mesmo que seja apenas um desejo que, posteriormente, lhe cause algum prejuízo ou desconforto.

Quando Maslow escreveu sobre a hierarquia das necessidades ele bem estabeleceu que os dois primeiros níveis da pirâmide a serem atendidos seriam a segurança e a sobrevivência. Até obtermos satisfação plena nestes dois quesitos não podemos galgar os degraus do pertencimento, da importância e da autorealização, ou seja, sem atender suas necessidades básicas é perigoso aventurar-se na satisfação dos desejos.

Dito isto, é imprescindível registrar que o Eneagrama é um conhecimento que possibilita, de maneira profunda, o autoconhecimento e autodesenvolvimento, levando a pessoa a conhecer-se de tal maneira que lhe possibilitará a beleza de fazer escolhas que lhe tenham sentido e significado. É fazer por merecer o termo ‘livre arbítrio’, assegurando-lhe decisões mais conscientes, proporcionando resultados antes impensáveis.

De que maneira você pode, se conhecendo melhor, através de uma ferramenta como Eneagrama, traçar um caminho mais assertivo para 2014?

Texto Sandro Binello

 

 


SOBRE O COLUNISTA

  • Linkedin
  • Facebook

Envie seu release/matéria para falecom@pontopessoal.com.br para ser analisado por nossa redação. Seus assuntos devem pertencer ao marketing pessoal e nossas editorias, visualizadas em logo abaixo. Podemos ser impactados em nossa redação ou colocaremos no ar seu texto como PUBLIPOST. Aguardo seu contato. Muito Obrigado =)

Criado com Area de Membros WP